IBGE: mais dois editais em breve

Concurso para agente censitário do IBGE
Em cerca de quatro meses, o IBGE publicará mais dois editais com 80.614 vagas visando ao Censo Agropecuário.

Em cerca de quatro meses, o IBGE publicará mais dois editais com 80.614 vagas visando ao Censo Agropecuário. O próximo a sair trará 18.214 vagas de agente censitário municipal (5.500), agente censitário supervisor (12.540) e agente censitário de informática (174), de níveis médio e médio/técnico. Em seguida, será publicado o edital com 62.400 vagas de recenseador, de nível fundamental. Ambos, segundo o IBGE, precisam ser divulgados até 14 de junho, seis meses após a autorização do Ministério do Planejamento (14 de dezembro).

A expectativa é que o edital com 18.214 vagas saia até o próximo mês. Antes, porém, o IBGE precisa definir a organizadora. A Fundação Cesgranrio chegou a ser confirmada, mas o órgão retificou a informação, alegando que a instituição assumira, por enquanto, apenas o primeiro concurso do Censo Agropecuário (para 1.409 vagas). Os selecionados serão contratados por até um ano, com possibilidade de prorrogação, até o limite de três, e terão direito a 13º salário e férias. As remunerações e a distribuição das vagas pelos estados ainda serão divulgados, mas o IBGE adiantou que haverá chances em todo o país.

No caso do recenseador, no Censo de 2010, a remuneração variava de acordo com o número de pessoas e domicílios recenseados, sendo igual ou superior a dos agentes censitários (de R$1.560 a R$3 mil). A última seleção para agentes municipal, supervisor e de informática ocorreu em 2009. Os salários eram de R$900 para agente supervisor e de informática, e R$1.150 para o municipal. Os valores atuais, porém, deverão passar de R$2.018. É que, nos últimos concursos do Censo, os valores oferecidos aos agentes supervisor, de informática e municipal foram superiores ao do agente administrativo que, segundo consta do edital já divulgado para esse cargo, tem remuneração atual de R$2.018.
Até julho, outro edital – O IBGE oferecerá também 7.825 vagas temporárias visando às pesquisas econômicas e sociodemográficas. O órgão concentra esforços na escolha da organizadora desse concurso, tendo em 6 de julho a data final para publicar o edital (seis meses após a autorização do Ministério do Planejamento). O IBGE precisa ainda definir a distribuição das vagas pelo país e os salários. Haverá 25 vagas de supervisor de pesquisa por telefone, para graduados em áreas ainda não informadas; 300 de agente de pesquisa por telefone e 7.500 agente de pesquisa e mapeamento, ambos de nível médio, havendo no primeiro a exigência de experiência de um ano.

Os selecionados terão contratos com duração de até um ano, com possibilidade de prorrogação por, no máximo, três. Os últimos concursos para esses cargos, em 2011 e sob organização da Consulplan, mostram um pouco como deverão ser as novas seleções. Na ocasião, foram ofertadas 4.250 vagas de agente de pesquisa e mapeamento, sendo 337 no Estado do Rio de Janeiro (180 na capital). À época, a remuneração oferecida foi de R$1.223. Hoje, o rendimento também deve ser superior a R$2.018. Nos três concursos, os candidatos deverão ser avaliados somente por meio de prova objetiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *