INSS: técnico do seguro social é ótima opção para os jovens

Concurso de técnico de seguro social do INSS
Concurso do INSS.
Boa oportunidade também para jovens que buscam o primeiro emprego é o concurso para 4.730 vagas no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), pendente de autorização formal do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). É que uma das funções a serem oferecidas é a de técnico do seguro social, que exige apenas o nível médio e proporciona o bom rendimento de R$4.620,91, em se tratando de início de vida profissional.

O cargo, inclusive, é o que possui maior carência de pessoal na autarquia, e deverá contar com um bom número de contratações, além das 2 mil (número de vagas solicitadas pelo INSS) iniciais. Além de todos esses atrativos, o regime de contratação é o estatutário, garantindo a estabilidade empregatícia. A comprovação da escolaridade ocorrerá somente no ato da posse. Quem está cursando o último ano do ensino médio, portanto, pode estudar para a seleção, que possuirá em sua estrutura disciplinas básicas: Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Noções de Informática.
As demais matérias, consideradas mais específicas, demandarão mais esforços desses candidatos, que podem aproveitar o fato de estarem saindo do colégio e estarem com os conteúdos ‘frescos’ na mente, para saírem na frente dos concorrentes. Com o desejo de construir carreira ou de aproveitar o bom salário para custear projetos futuros, fato é que a seleção representa boa chance para quem desejar entrar no mercado de trabalho com o pé direito.
Para que o concurso seja aberto, com edital publicado e as provas marcadas, é necessária a autorização do Ministério do Planejamento. Para que o processo tenha novos avanços, é necessário, porém, a aprovação do Orçamento da União deste ano, conforme o próprio Planejamento informou. Após a aprovação, inclusive, a presidente do INSS, Elisete Berchiol, irá cobrar o concurso à pasta. Além das 2 mil vagas de técnico, o INSS solicita 1.580 de analista do seguro social, de nível superior, com rendimento de R$7.504,45, e 1.150 de perito médico, para graduados em Medicina com remuneração de R$10.559,64.
Concurso inevitável – O governo federal tem sido pressionado a autorizar imediatamente o concurso. É que o INSS luta contra a carência de pessoal e as iminentes aposentadorias, com 10.106 servidores nessas condições, e, além disso, o Tribunal de Contas da União (TCU) fez uma auditoria recentemente, afirmando que se o concurso não ocorrer, a autarquia entra em colapso. Deputados federais também se comprometeram a lutar pelo concurso no Congresso Nacional, como é o caso de Chico Alencar (Psol).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *